Fatores críticos de sucesso de um projeto

Postado por em novembro 25, 2015 em Artigos Técnicos, Materiais para Ler e Baixar | 0 comentários

Fatores críticos de sucesso de um projeto

Fatores críticos de sucesso de um projeto – Por Heitor Borba

 

Por que sem os fatores críticos de sucesso a possiblidade de um projeto fracassar são elevadas?

De forma simplificada, os fatores críticos de sucesso de um projeto podem ser definidos como:

a)    Apoio da alta administração;

b)    Alcance dos Objetivos;

c)    Gerenciamento das expectativas dos participantes;

d)    Apoio da Metodologia;

e)    Boas práticas em Gerenciamento de Projetos

Vamos analisar cada um deles.

APOIO DA ALTA ADMINISTRAÇÃO

Constitui o primeiro fator porque é o mais importante para o projeto. Sem o apoio da alta administração não há um patrocinador. Sem um patrocinador não há recursos físicos e humanos necessários à execução do projeto. O apoio da alta administração depende da importância do projeto, quantificada através de melhorias, lucros e outros benefícios para a empresa.

ALCANCE DOS OBJETIVOS

O projeto deve atingir os objetivos de modo a resolver à problemática da empresa de modo eficiente (tempo, custo, qualidade, segurança, etc) e eficaz (objetivos atingidos).

Desse modo, o sucesso do projeto está relacionado ao alcance dos objetivos geradores dos benefícios previstos para a organização. Para isso, devem ser criadas formas de medição de tempo, custo, qualidade, segurança, etc para que os objetivos sejam alcançados.

GERENCIAMENTO DAS EXPECTATIVAS DOS PARTICIPANTES

A aplicação do conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades componentes do projeto devem atender ou superar as necessidades e expectativas que os interessados (stakeholders) possuem no projeto. Ou seja, um projeto pode ser considerado um sucesso de execução apenas no caso de atender quatro critérios:

a)    Tempo;

b)    Custo;

c)    Eficácia;

d)    Satisfação do cliente.

 

APOIO DA METODOLOGIA

A adequação de recursos de projeto pode ser obtido através da implementação da metodologia de gerência do projeto objetivando o nivelamento dos recursos alocados. A metodologia para execução do projeto pode ser concretizada através de um Manual de Boas Práticas aplicável ao projeto. As boas práticas de gerenciamento de projetos uniformizam as ações de execução de modo a maximizar os fatores críticos de sucesso do projeto.

BOAS PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

As Boas Práticas agregam valor às ações e atividades executadas durante a execução de um projeto, ampliando o conjunto de informações.

As boas práticas de gerenciamento de projetos são definidas pelo PMI (Project Management Institute), através do livro PMBOK (Project Management Body of Knowledge), que consistem num manual completo de boas práticas em gerenciamento de projetos, contemplando dez áreas do conhecimento e 47 processos de gerenciamento de projetos contendo  entradas, ferramentas e saídas:

I – Gerenciamento/Gestão de integração do projeto;

II- Gerenciamento/Gestão do escopo do projeto;

III-Gerenciamento/Gestão de tempo do projeto;

IV-Gerenciamento/Gestão de custos do projeto;

V-Gerenciamento/Gestão da qualidade do projeto;

VI-Gerenciamento/Gestão de recursos humanos do projeto;

VII-Gerenciamento/Gestão das comunicações do projeto;

VIII-Gerenciamento/Gestão de riscos do projeto;

IX-Gerenciamento/Gestão de aquisições do projeto;

X-Gerenciamento/Gestão de envolvidos do projeto.

Portanto, sem os fatores críticos de sucesso a possiblidade de um projeto fracassar são elevadas por que:

a)    Sem o apoio da alta direção não há recursos e nem objetivos;

b)    Se os objetivos não forem alcançados não houve eficiência durante a execução e o projeto não é eficaz;

c)    Se o projeto não atender aos critérios de tempo, custo eficácia e satisfação do cliente não houve atendimento das necessidades dos envolvidos no empreendimento;

d)    Sem o apoio da metodologia não há como garantir que os recursos físicos e humanos foram alocados corretamente de modo a garantir o sucesso do projeto;

e)    Sem a observação das Boas Práticas em Gerenciamento de Projetos não há metodologia, nem monitoramento e nem garantia de que o projeto é eficaz.

 

Portanto, o apoio da alta administração, o alcance dos objetivos, o gerenciamento das expectativas dos participantes, o apoio da metodologia e as boas práticas em gerenciamento de projetos são os fatores críticos de sucesso de um projeto. Nenhum gestor pode esquecer isso.

Webgrafia:

http://www.uniseb.com.br/presencial/bibliotecatccdigital/anexo/309d83b8-a526-49a8-8e8d-decf377c2288.pdf

http://www.bbbrothers.com.br/files/pdfs/artigos/fat_crit_suc_gp.pdf

http://www.scielo.br/pdf/gp/v15n1/a11v15n1

http://www.scielo.br/pdf/prod/2013nahead/aop_t6_0007_0778.pdf

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-65132002000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt&userID=-2

http://www.jcoltro.com.br/project2000/pmbok.pdf

Artigos relacionados:

A importância do Plano de Ação no gerenciamento de projetos

Planejamento Empresarial

A ferramenta 5W2H

Gestão preventiva dos Comportamentos Críticos

Objetividade profissional e eficiência funcional

 

0 Comentário

Trackbacks/Pingbacks

  1. Objetivos e metas - Heitor Borba Soluções | Heitor Borba Soluções - [...] Fatores críticos de sucesso de um projeto [...]
  2. O Comando empresarial - Heitor Borba Soluções | Heitor Borba Soluções - [...] Fatores críticos de sucesso de um projeto [...]
  3. Políticas organizacionais - Heitor Borba Soluções | Heitor Borba Soluções - [...] Fatores críticos de sucesso de um projeto [...]
  4. Características das empresas de alto desempenho - Heitor Borba Soluções | Heitor Borba Soluções - [...] Fatores críticos de sucesso de um projeto [...]
  5. Motivação funcional - Heitor Borba Soluções | Heitor Borba Soluções - [...] Fatores críticos de sucesso de um projeto [...]
  6. Responsabilidade X Autoridade - Heitor Borba Soluções | Heitor Borba Soluções - [...] Fatores críticos de sucesso de um projeto [...]

Enviar comentário