Objetivos e metas

Postado por em dezembro 13, 2015 em Artigos Técnicos, Materiais para Ler e Baixar | 0 comentários

Objetivos e metas

Objetivos e metas – Por Heitor Borba

 

São os objetivos estabelecidos e iniciados no planejamento estratégico que determinam as políticas, diretrizes, metas, programas, procedimentos/normas e métodos.

Objetivos e metas são essenciais no planejamento estratégico ou institucional. Devem ser tangíveis e atender as necessidades da organização.

Não esquecendo que toda gestão deve ser avaliada ou auditada periodicamente para que se possa:

a)    Conhecer os objetivos e as metas que a organização persegue;

b)    Obter informações detalhadas das atividades e dos custos envolvidos para atingir os objetivos;

c)    Conhecer os resultados para que possam ser comparados com os padrões estabelecidos;

d)    Otimizar processos e controlar recursos;

e)    Verificar o nível de entendimento dos trabalhadores sobre eficiência e eficácia.

 

OBJETIVOS

São resultados qualitativos a serem atingidos e projetados para o futuro da organização, definidos no planejamento. Fixados os objetivos há necessidade de conhecimento de onde se pretende chegar para que se possa planejar exatamente como chegar nesses objetivos. Os objetivos com seus respectivos Planos de Ação,[1] para alcançá-los, possuem hierarquia que acompanham o organograma da empresa: Estratégicos ou institucionais, táticos ou departamentais e operacionais.

Os objetivos estratégicos são definidos no planejamento estratégico pela alta direção e abrange fatores internos e externos à organização. São objetivos gerais prevendo onde a empresa deve chegar num período longo de tempo (geralmente cinco ou mais anos);

Os objetivos táticos são definidos no planejamento departamental pela gerencia responsável pelo departamento e abrange principalmente fatores internos à organização, mas podem abranger também fatores externos, se for o caso. São objetivos locais aplicáveis ao departamento em questão para cumprimento dos objetivos estratégicos e a ele subordinado. Os objetivos táticos possuem período médio de tempo (geralmente de um a cinco anos);

Os objetivos operacionais são definidos no planejamento operacional pelo supervisor ou encarregado do setor integrante de um departamento empresarial, abrangendo apenas fatores internos e ligados diretamente às atividades realizadas no setor. Os objetivos operacionais possuem período curto de tempo (geralmente menos de um ano).

METAS

São resultados quantitativos mensuráveis a serem atingidos e projetados para o futuro da organização, definidos no planejamento. A meta mensura o que o objetivo deseja alcançar em forma de números. Tanto os objetivos quanto as metas são alvos ou pontos indicativos de onde a organização alveja chegar. Percebemos que a diferença fundamental entre meta e objetivo se encontra na forma de medição de ambos: O objetivo consiste num alvo qualitativo e a meta consiste num alvo quantitativo (a meta quantifica o objetivo).

Como os objetivos, as metas também possuem hierarquias ligadas ao planejamento e aos objetivos respectivos: Estratégicos ou institucionais, táticos ou departamentais e operacionais.

As metas estratégicas são definidas no planejamento estratégico pela alta direção e abrange fatores internos e externos à organização. São metas gerais quantificando de forma geral os objetivos para um período longo de tempo (geralmente cinco ou mais anos);

As metas táticas são definidas no planejamento departamental pela gerencia responsável pelo departamento e abrange principalmente fatores internos à organização, mas podem abranger também fatores externos, se for o caso. São metas locais aplicáveis ao departamento em questão para quantificação dos objetivos estratégicos e a ele subordinado. As metas táticas são projetadas para um período médio de tempo (geralmente de um a cinco anos);

As metas operacionais são definidas no planejamento operacional pelo supervisor ou encarregado do setor integrante de um departamento empresarial, abrangendo apenas fatores internos e ligados diretamente às atividades realizadas no setor. As metas operacionais quantificam os objetivos a serem alcançados num período curto de tempo (geralmente menos de um ano).

O planejamento estratégico permite que a organização estabeleça e concretize suas metas e objetivos, executando suas atividades de forma diferenciada em relação à concorrência, antecipando suas necessidades e promovendo vantagem competitiva no seu mercado de atuação. Essa estratégia permite fomentar a identificação comportamental futura da organização, obrigando seus gestores a tomarem decisões atuais, mas com impactos no futuro.

Gestores de todos os níveis hierárquicos e áreas do corpo organizacional devem assumir atitudes de administradores de negócios, avaliando suas ações dentro do contexto empresarial e se comprometendo integralmente com as metas e os objetivos planejados para os seus níveis. Somente desse modo é possível atingir a eficiência e a eficácia plena da organização.

Webgrafia:

http://www.simpep.feb.unesp.br/anais/anais_13/artigos/1022.pdf

http://www.administradores.com.br/artigos/negocios/formulacao-de-objetivos-e-metas/57039/

http://klebernobrega.com/2012/07/16/a-diferenca-entre-objetivos-e-metas/

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-75901978000400002&script=sci_arttext

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-92511999000200002&script=sci_arttext

http://cio.com.br/gestao/2012/10/04/como-estabelecer-metas-e-atingir-os-objetivos/

Artigos relacionados:

Habilidades necessárias ao exercício das funções gerenciais

 

Fatores críticos de sucesso de um projeto

 

A importância do Plano de Ação no gerenciamento de projetos

 

Planejamento Empresarial

 

A ferramenta 5W2H

 

Gestão preventiva dos Comportamentos Críticos

 

Objetividade profissional e eficiência funcional

 

Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional em obras de Construção Civil

 

Prova e evidencia

 

SESMT ineficazes representam prejuízos para as empresas

 

Lean Construction

 

Teoria da Contingência

 

Profissionais da geração “Y” são YRRITANTES segundo empresários e gestores

 

Gestão da Emoção

 

Empresas estão cada vez mais preocupadas com a falta de profissionais que pensam.

 

Artigo “Eficiência e eficácia”

 

Artigo “O Círculo de Qualidade de Ishikawa”

 

Artigo “Círculo de Controle da Qualidade (CCQ)”

 

Artigo “Sistema de Produção Puxada Pelo Cliente (SPP)”

 

Coerência documental em Segurança e Saúde Ocupacional

 

Norma Regulamentadora – 00 (NR-00)

 

Interpretação dos textos legais

0 Comentário

Enviar comentário